.



 
 

Atividade Internacional



O BANCO mais internacional

O Grupo Caixa Geral de Depósitos é o que apresenta o maior grau de internacionalização de entre os grupos portugueses. A rede CGD é a mais expressiva em número de unidades no estrangeiro, em representatividade de ativos resultantes da atividade externa e em presenças geográficas.

A vocação internacional vem já desde 1887, quando a CGD entrou no circuito bancário brasileiro através da Agência Financial de Portugal no Rio de Janeiro (através da Carta do Imperador D. Pedro II).

23 PAÍSES 4 Continentes
O Grupo Caixa é um grupo financeiro universal com presença em diversos pontos do globo. Com a sua extensa e diversificada plataforma internacional, assente na presença física em 23 países e atuando ainda num vasto leque de mercados - onde apoia a atividade dos empresários portugueses, tem procurado desempenhar um papel de crescente importância na internacionalização da economia portuguesa, nomeadamente através do apoio a um dos pilares fundamentais do nosso sistema económico, como é o caso das Pequenas e Médias Empresas.

O Grupo tem vindo a orientar-se, de forma direta ou indireta, para os mercados com maior potencial de negócio - quer para empresas portuguesas, quer para o próprio Grupo - e ainda para mercados com os quais o País mantém afinidades culturais e linguísticas ou onde existem importantes comunidades de origem lusa.

Neste contexto, deve ser dado especial relevo aos mecanismos de apoio ao comércio externo, consubstanciados por estruturas de curto, médio e longo prazos, as quais contribuem, de forma marcante, para dinamizar o nosso setor exportador. Os instrumentos de médio e longo prazos são habitualmente estruturados como créditos diretos ao importador, quer numa ótica de crédito de ajuda (as linhas concessionais), quer numa ótica comercial (linhas de financiamento com cobertura de risco pela Cosec).

 

Atividade Internacional